Daniela Thomas

P. S. Almeida

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Diretor

Diretora de teatro e cinema, está ligada a inovações, principalmente, nas áreas de cenografia e figurino. Estreou na direção de longa-metragem com Terra estrangeira (1995), quando inaugurou também uma parceria de direção com Walter Salles, que teve continuidade com o longa O primeiro dia (1999). Filha do cartunista Ziraldo, nascida em 1959, estudou cinema com Steven Bernstein, em Londres, e com ele fundou a produtora Crosswind Films, para a qual realizou curtas e videoclipes. Codirigiu com Walter Salles os curtas-metragens Somos todos filhos da terra (2000) e A saga de Castanha e Caju contra o encouraçado Titanic (2002), este, uma encomenda do Festival de Cannes para integrar a programação da Quinzena dos Realizadores. Em 2006, dirigiu com Walter Salles o curta-metragem Loin du 16ème, dentro do longa-metragem Paris, eu te amo, filme de abertura da mostra Um Certo Olhar no Festival de Cannes 2006. Em 2007, novamente com Walter Salles, dirigiu o longa Linha de Passe, que recebeu o prêmio de melhor atriz do Festival de Cannes 2008, para Sandra Corveloni. Seu longa-metragem Insolação, em parceria com Felipe Hirsch, foi selecionado para a mostra Horizontes, do Festival de Veneza de 2009.

Filmografia selecionada:
 

  • Vazante (2016).
  • Lygia Clark em Nova York (2015). Documentário.
  • Insolação (2009). Em parceria com Felipe Hirsch.
  • Linha de Passe (2007). Codirigido com Walter Salles.
  • Paris, eu te amo (2006). Episódio Loin du 16ème codirigido com Walter Salles.
  • A saga de Castanha e Caju contra o encouraçado Titanic (2002). Curta-metragem. Codirigido com Walter Salles.
  • Somos todos filhos da terra (2000). Curta-metragem. Codirigido com Walter Salles.
  • O primeiro dia (1999). Codirigido com Walter Salles.
  • Terra estrangeira (1995). Codirigido com Walter Salles.