Maurício Farias

Divulgação TV Globo

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Diretor

Um dos membros da família Farias, bastante tradicional na história do cinema brasileiro, seu primeiro trabalho em cinema foi como ator no longa-metragem As aventuras de tio Maneco (1970), de Flávio Migliaccio, produzido por seu pai, Roberto Farias. Com uma longa carreira na Rede Globo, começou como assistente de direção e logo passou a escrever e dirigir. Como diretor tem em seu currículo dezenas de novelas, minisséries e seriados, dentre eles As noivas de Copacabana, Laços de Família, A viagem, Pecado Capital, Brava Gente e Você Decide. No cinema transitou por várias funções: foi técnico de som em O segredo da Múmia (1979), de Ivan Cardoso e Pra frente Brasil (1980), de Roberto Farias, montador em Lili, a estrela do crime (1988), de Lui Farias, editor de som em Não quero falar sobre isso agora (1990), de Mauro Farias (do qual é também o montador e produtor executivo), entre outros. Na direção, estreou com o curta-metragem A espera (1986), codirigido com Luiz Fernando Carvalho, e premiado como melhor curta no Festival de Gramado e no Festival de San Sebastian na Espanha. Seu primeiro longa-metragem foi O coronel e o Lobisomem (2005), seguido de um dos grandes sucesso de público de 2007, A grande família – o filme, baseado no seriado homônimo também dirigido por ele e que conquistou mais de dois milhões de espectadores.

Filmografia selecionada:

Diretor
 

  • Vai que dá certo 2 (2016)
  • Vai que dá certo (2013)
  • Verônica (2009). Prêmio de Melhor Filme da Juventude, na 32º Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Prêmio do Público de Melhor Filme, no II Cine Fest Brasil Canudos.
  • A grande família – o filme (2007)
  • O coronel e o Lobisomem (2005)
  • Bilhete premiado (1992). Curta-metragem vencedor do Candango de melhor diretor de curta-metragem do Festival de Brasília.
  • A espera (1986). Curta-metragem codirigido com Luiz Fernando Carvalho. Prêmio de melhor curta-metragem do XIV Festival de Gramado. Prêmio de melhor curta-metragem do XXXIV Festival de San Sebastian. Prêmio Jovem Realizador do Festival de Ste-Thérese.

Roteirista

  • Vai que dá certo 2 (2016). Parceria com Fabio Porchat, Bernardo Guilherme e Marcelo Gonçalves.
  • Vai que dá certo (2013). Parceria com Fabio Porchat, Bernardo Guilherme e Marcelo Gonçalves.
  • Verônica (2009). Parceria com Bernardo Guilherme.