Laís Bodanzky

Carlos Mancini

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Diretor, Documentarista

Filha do cineasta paulista Jorge Bodanzky, seguiu os passos do pai e ingressou no cinema com o curta-metragem Cartão vermelho (1994). Nascida em São Paulo em 1969, conquistou reconhecimento já em seu longa-metragem de estreia, Bicho de sete cabeças (2001), conquistando diversos prêmios no Festival de Brasília de 2000, Festival de Biarritz, em 2001, Festival de Recife, entre outros. Na companhia do diretor e roteirista Luiz Bolognesi, desenvolveu o projeto Cine Mambembe, que realiza exibições itinerantes de filmes brasileiros para públicos que não têm acesso às salas de cinema. Em 1999, a dupla registrou esta experiência no documentário de média-metragem Cine Mambembe, o cinema descobre o Brasil (1999), vencedor do prêmio de melhor documentário do Festival de Havana. Em 2002, codirigiu novamente com Luiz Bolognesi um documentário para a TV sobre a Revolução Constitucionalista de 1932, A guerra dos paulistas. Em 2007, lançou Chega de saudade, que recebeu dois prêmios no Festival de Cinema de Brasilia, incluindo melhor filme do júri popular. É sócia da Buriti Filmes, em parceria com Luiz Bolognesi.

Filmografia selecionada:
 

  • Como nossos pais (2017). Filme concorrente à candidatura do Oscar.
  • As melhores coisas do mundo (2010)
  • Chega de saudade (2007). Prêmio de melhor filme pelo júri popular no Festival de Brasília.
  • A guerra dos paulistas (2002). Codirigido com Luiz Bolognesi.
  • Bicho de sete cabeças (2001). Prêmios de melhor filme pelo júri oficial e popular, prêmio do júri, prêmio da crítica, melhor direção, melhor ator (Rodrigo Santoro), melhor ator coadjuvante (Gero Camilo) e melhor fotografia no Festival de Brasília. Prêmios de melhor filme, melhor direção, melhor roteiro, melhor ator (Rodrigo Santoro), melhor atriz coadjuvante (Cássia Kiss), melhor ator coadjuvante (Gero Camilo), melhor trilha sonora, melhor som e melhor montagem no Festival de Recife, entre outros.
  • Cine Mambembe, o cinema descobre o Brasil (1999). Prêmio de melhor documentário do Festival de Havana.
  • Cartão vermelho (1994). Curta-metragem.