Thelmo Fernandes

Arquivo pessoal
Thelmo Fernandes

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Ator

Com 25 anos de carreira, desde 1996 faz parte da companhia F. Privilegiados, fundada por Antônio Abujamra, onde atuou em diversos espetáculos teatrais de sucesso. Estreou profissionalmente em 1991, após cursar a escola de Teatro Martins Pena. O ator interpretou alguns personagens marcantes como João Grilo, em O auto da Compadecida, o travesti Geni de A ópera do malandro e Creonte de Gota d’água, pelo qual recebeu o Prêmio Qualidade Brasil 2008-RJ e o Prêmio da Associação dos Produtores de Teatro (APTR) na categoria de melhor ator coadjuvante em 2007. Em 2008, foi novamente indicado ao Prêmio Qualidade Brasil, em São Paulo, na categoria ator de espetáculo musical por sua atuação em Tom e Vinícius. Na montagem teatral A arte da comédia, montada em 2008, foi o vencedor do prêmio FITA 2013 como melhor ator, foi indicado ao Prêmio Shell e Cesgranrio 2013 e ao APCA 2014. Em S´imbora, o musical - A história de Wilson Simonal, foi indicado ao Prêmio Bibi Ferreira 2015 como ator coadjuvante. Na televisão, Thelmo Fernandes se destacou em Capitu, microssérie de Luiz Fernando Carvalho, no programa A grande família, A diaristaCasos e acasos, na TV Globo, Cilada  (canal Multishow), entre outros. Na TV Record, interpretou papéis em minisséries épicas como José do Egito e Rei Davi. O ator também tem diversas participações em longa-metragens como Tropa de Elite (2006), de José Padilha, Olga (2003) de Jayme Monjardim e Chico Xavier (2010), de Daniel Filho, entre outros.

Site oficial: www.thelmofernandes.com.br

Filmografia selecionada:
 

  • Divórcio 190 (2016), de Pedro Amorim
  • Sob pressão (2016), de Andrucha Waddington. Indicado ao prêmio de melhor ator coadjuvante no Festival do Rio 2016.
  • O roubo da taça (2016), de Caito Ortiz
  • Ninguém ama ninguém por mais de dois anos (2015), de Clovis Mello
  • A esperança é a última que morre (2015), de Calvito Leal
  • O duelo (2015), de Marcos Jorge
  • Giovanni Improtta (2013), de José Wilker
  • Disparos (2012), de Juliana Reis
  • Cilada.com (2011), de José Alvarenga Jr.
  • Malu de bicicleta (2010), de Flávio Tambellini
  • Muita calma nessa hora (2010), de Felipe Joffily
  • Chico Xavier (2010), de Daniel Filho
  • A mulher invisível (2009), de Cláudio Torres
  • Feliz Natal (2008), de Selton Mello
  • Tropa de Elite (2007), de José Padilha
  • Olga (2003), de Jayme Monjardim
  • Lost Zweig (2002), Sylvio Back