José Mojica Marins

xx

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Ator, Diretor, Roteirista

Maior realizador do cinema de terror brasileiro, criador e intérprete do célebre personagem Zé do Caixão, protagonista dos clássicos À meia-noite levarei sua alma (1964) e Esta noite encarnarei no seu cadáver (1967). Nascido em São Paulo em 1931, começou a filmar amadoramente ainda criança, aos 12 anos, com uma câmera 8mm. Estreou no cinema profissional em 1957, com o longa Sina de aventureiro. Em meados dos anos 70, envolveu-se com o movimento paulistano da Boca do Lixo e passou a fazer filmes de teor mais sexual como A virgem e o machão (1973), além de alguns mais explícitos, como 48 horas de sexo alucinante (1987). Durante os anos 90, afastou-se da direção e desenvolveu trabalhos como escritor, apresentador de TV e diretor de teatro. Paralelamente, na mesma época, sua obra foi descoberta internacionalmente e o sucesso de Coffin Joe (como ficou conhecido o Zé do Caixão) lhe rendeu fama como um dos maiores realizadores do cinema de terror mundial. Como ator, trabalhou na maioria de seus filmes e participou em mais de 15 projetos de outros diretores. Em 2008, voltou à direção de longas com o terceiro filme da trilogia de Zé do Caixão, Encarnação do demônio, vencedor de sete prêmios no I Festival Paulínia de Cinema, incluindo os prêmios de melhor filme do júri e melhor filme da crítica.

Filmografia selecionada:

Diretor e roteirista

  • Encarnação do demônio (2008). Prêmio de melhor filme do júri e melhor filme da crítica, entre outros, no I Festival Paulínia de Cinema.
  • 48 horas de sexo alucinante (1987)
  • O ritual dos sádicos (1969/1983)
  • A encarnação do demônio (1981)
  • Delírios de um anormal (1978)
  • Inferno carnal (1976)
  • O exorcismo negro (1974)
  • A virgem e o machão (1973). Roteiro de Georgina Duarte.
  • O ritual dos sádicos (1970). Roteiro com Rubens F. Lucchetti.
  • O estranho mundo de Zé do Caixão (1968)
  • A trilogia do terror (1968)
  • Esta noite encarnarei no seu cadáver (1967)
  • À meia-noite levarei sua alma (1964)
  • Sina de aventureiro (1957)

  • Ator

  • Luz nas trevas – a volta do bandido da luz vermelha (2010), de Helena Ignez e Ícaro Martins
  • Filmefobia (2008), de Kiko Goifman
  • Encarnação do demônio (2008), de José Mojica Marins
  • A marca do terrir (2005), de Ivan Cardoso
  • Um show de verão (2004), de Moacyr Góes
  • Contos de horror (1997), de Andrea Pasquini
  • Ed Mortt (1996), de Alain Fresnot
  • As belas da Billings (1987), de Ozualdo Candeias
  • A hora do medo (1986), de Francisco Cavalcanti e José Mojica Marins
  • O segredo da múmia (1982), de Ivan Cardoso
  • A encarnação do demônio (1981), de José Mojica Marins
  • A estranha hospedaria dos prazeres (1976), Marcelo Motta e José Mojica Marins
  • Sexo e sangue na trilha do tesouro (1972), de José Mojica Marins
  • O estranho mundo de Zé do Caixão (1968), de José Mojica Marins
  • Esta noite encarnarei no seu cadáver (1967), de José Mojica Marins
  • À meia-noite levarei sua alma (1964), de José Mojica Marins
  • Sina de aventureiro (1957), de José Mojica Marins