Lília Cabral

Willian Andrade

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Atriz

Atriz de teatro e televisão com algumas atuações em cinema. Paulista radicada no Rio de Janeiro, nasceu em 1957, em São Paulo. Iniciou a carreira de atriz na peça Feliz ano velho, de Marcelo Rubens Paiva e logo após, ainda no início da década de 80, começou a atuar na televisão em novelas, minisséries e séries da TV Globo, com destaque para novelas como Vale tudo (1988) e Laços de família (2000). No cinema estreou como coadjuvante em Stelinha (1990), de Miguel Faria Jr., e no mesmo ano fez uma participação em Assim na tela como céu (1990), de Ricardo Miranda. Em 2001, foi uma das protagonistas de A partilha, de Daniel Filho. Ganhou grande destaque nacional ao interpretar a vilã da novela Páginas da vida, de Manoel Carlos, exibida em horário nobre na Rede Globo no final de 2006 e começo de 2007. Este papel lhe rendeu uma indicação ao prêmio Emmy de 2007. Em 2005 montou o espetáculo teatral O divã, baseado em livro homônimo de Martha Medeiros, sobre uma mulher de 40 anos e seus conflitos existenciais. A peça foi um sucesso de bilheteria, ficando anos em cartaz e rodando o país. Em 2008, o diretor José Alvarenga dirigiu o longa de mesmo nome, produzido pela Total Filmes. Sua atuação no filme lhe rendeu o prêmio de melhor atriz de 2009, pelo júri oficial do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro em 2010.

Filmografia selecionada:
 

  • Maria de Caritó (2017), de João Paulo Jabur
  • Júlio sumiu (2014), de Roberto Berliner
  • Amor? (2011), de João Jardim
  • Divã (2009), de José Alvarenga Jr. Prêmio de melhor atriz de 2009, pelo júri oficial do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro em 2010.
  • A partilha (2001), de Daniel Filho
  • Como ser solteiro (1998), de Rosane Svartman
  • Stelinha (1990), de Miguel Faria Jr.
  • Assim na tela como céu (1990), de Ricardo Miranda