Bruno Barreto

Marco Rodrigues

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Diretor

Em 1976, com apenas 23 anos, dirigiu Dona Flor e seus dois maridos, adaptação de Jorge Amado que se tornou o recordista de público do cinema brasileiro, visto por mais de dez milhões de espectadores. Filho dos produtores Luiz Carlos e Lucy Barreto, começou profissionalmente ainda muito jovem, aos 18 anos, em 1972, quando dirigiu o longa-metragem Tati, a garota. Radicado nos Estados Unidos, dirigiu, em 1990, Assassinato sob duas bandeiras (A show of force), e desde então alterna produções americanas e brasileiras.

Filmografia selecionada:
 

  • Menino do Rio  (inédito)
  • Crô - O filme (2013)
  • Flores raras (2013)
  • Última parada - 174 (2008). Selecionado para a mostra Special Presentations do Festival de Toronto.
  • Caixa 2 (2007)
  • O casamento de Romeu e Julieta (2005)
  • Voando alto (A view from the top / 2003)
  • Bossa Nova (2000)
  • Entre o dever e a amizade (One tough cop, 1997).
  • O que é isso, companheiro? (1997). Indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro.
  • Atos de amor (Carried away / 1995)
  • O coração da justiça (The heart of justice / 1992)
  • Assassinato sob duas bandeiras (A show of force / 1990)
  • O romance da empregada (1987)
  • Além da paixão (1984)
  • Gabriela, cravo e canela (1982)
  • O beijo no asfalto (1980)
  • Amor bandido (1978)
  • Dona Flor e seus dois maridos (1976)
  • A estrela sobe (1974)
  • Tati, a garota (1972)

Produtor

  • O caminho das nuvens (2003), de Vicente Amorim