Edina Fujii

João Gaudenzi

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Infraestrutura

Profissional do mercado cinematográfico desde os 18 anos. Nascida em São Paulo, em 1947, iniciou-se no cinema como assistente de produção do longa-metragem A hora e vez de Augusto Matraga (1965), de Roberto Santos. Entre 1967 e 1969, foi assistente de produção de diversos filmes publicitários. De 70 a 72, foi coordenadora de produção na Magison, onde continuou a trabalhar com filmes publicitários para TV. Em 1982, foi convidada a abrir a filial da Quanta Centro de Produção Cinematográfica em São Paulo, onde permaneceu como gerente geral até 2007, época em que houve a fusão entre as empresas Quanta, Motion e estúdios, passando a se chamar Estúdios Quanta, quando assumiu o cargo de diretora comercial. Através de coprodução, investiu em mais de dois mil produtos audiovisuais entre documentários, longas e curtas-metragens. Em 2000, fundou a União Nacional da Infraestrutura Cinematográfica (Uninfra), associação da qual é presidente. Ajudou a formatar o projeto do Instituto do Audiovisual – Escola de Cinema Darcy Ribeiro, da qual é parceira e faz parte do conselho consultivo. Defendeu e propôs a inclusão do Programa de Apoio ao Desenvolvimento da Infra-Estrutura e do Audiovisual (Pró-Infra), como um dos mecanismos de aplicação de recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). Em 2007, foi convidada a integrar o Conselho Deliberativo da Cinemateca Brasileira, assim como da Associação dos Amigos da Cinemateca, que tem como meta a criação do Museu da Tecnologia do Cinema. Em julho de 2011, se desligou da Quanta e deu início à Origami Cultural, consultoria comercial e produtora de projetos culturais. Atualmente é diretora associada dos canais Box Brazil e consultora da CiaRio, complexo de empresas de infraestrutura sediado no Rio de Janeiro e que atende produções em todo o Brasil.