Ajude-nos a atualizar o seu perfil. Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br
Claudio Assis

    Nascido em Recife em 1955, estreou na direção realizando curta-metragens em 16 mm, como Padre Henrique - Um crime político (1989). Realizou ainda Samydarsh: os artistas de rua (1993), codireção com Adelina Pontual e Marcelo Gomes, Baile perfumado (1997), de Lírio Ferreira e Paulo Caldas, do qual foi o diretor de produção, entre outros. Seu primeiro longa-metragem, Amarelo manga (2002), ganhou o prêmio de melhor filme no Festival de Brasília e no Festival de Toulouse, além de ter recebido no Festival de Berlim o prêmio concedido pela Confederação Internacional de Cinemas de Arte e Ensaio.

    Filmografia selecionada:

    Diretor

  • Febre do rato (2011). Prêmios de melhor filme pelo júri oficial e o prêmio da crítica, ator (Irandhir Santos), atriz (Nanda Costa), fotografia (Walter Carvalho), montagem (Karen Harley), direção de arte (Renata Pinheiro) e trilha sonora (Jorge Du Peixe) no Festival de Paulínia 2011. Prêmio de melhor diretor e melhor trilha original (Jorge Du Peixe) no Cine Ceará 2012.
  • Baixio das bestas (2007). Prêmio de melhor filme no Festival de Brasília e no Festival Internacional de Cinema de Rotterdam.
  • Amarelo manga (2002). Prêmio de melhor filme no Festival de Brasília e no Festival de Toulouse. Prêmio concedido pela Confederação Internacional de Cinemas de Arte e Ensaio no Festival de Berlim.
  • Texas Hotel (1999). Curta-metragem.
  • Viva o cinema (1996). Curta-metragem.
  • Soneto do desmantelo blue (1993). Curta-metragem.
  • Padre Henrique - Um crime político(1989). Curta-metragem.

    Diretor de produção

  • Baile perfumado (1997), de Lírio Ferreira e Paulo Caldas

  • Produção executiva

  • Cachaça (1995), de Adelina Pontual