Marcelo Pedrazzi

Arquivo pessoal
Marcelo Pedrazzi

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Finalizador, Montador, Produtor

Carioca de 1975, se formou em publicidade pela faculdade Estácio de Sá, fez cursos de roteiro, edição e workshops. No cinema, começou como assistente de montagem até se firmar como finalizador e montador. Dentre os seus trabalhos encontram-se Madame Satã (2001), de Karim Aïnouz e Getúlio (2013), de João Jardim. É sócio-fundador da empresa Afinal Filmes, especializada em pós-produção de cinema e TV. 

Filmografia selecionada:

Finalização/Pós-produção

  • A frente fria que a chuva traz (2015), de Neville D´Almeida
  • Pequeno dicionário amoroso 2 (2015), de Sandra Werneck e Mauro Farias.
  • Últimas conversas (2015), de Eduardo Coutinho. Finalizado por João Moreira Salles. Fez a coordenação de pós-produção.
  • Getúlio (2013), de João Jardim
  • A música segundo Tom Jobim (2012), de Nelson Pereira dos Santos
  • Minha mãe é uma peça (2012), de André Pellenz
  • Olho nu (2012), de Joel Pizzini
  • Olhos azuis (2009), de José Joffily
  • Juventude (2008), de Domingos de Oliveira
  • Todo mundo tem problemas sexuais (2008), de Domingos Oliveira
  • Palavra (En)cantada (2008), de Helena Solberg
  • Os Porralokinhas (2007), de Lui Farias
  • Madame Satã (2001), de Karim Aïnouz

Montagem

  • Ensaio sobre o silêncio (2013), de Zeca Ferreira
  • Paixão e acaso (2012), de Domingos Oliveira
  • Reidy – A construção da utopia (2009), de Ana Maria Magalhães
  • Meteoro (2006), de Diego La Texera

Produção

  • Macaco Tião - O candidato do povo (2018), de Alex Levy-Heller
  • Motorrad (2017), de Vicente Amorim
  • Mulheres no poder (2016), de Gustavo Acioli
  • Eu sou Carlos Imperial (2016), de Renato Terra
  • O relógio do meu avô (2012), de Alex Levy-Heller
  • Fumando espero (2009), de Adriana Dutra
  • Carreiras (2005), de Domingos Oliveira
  • Feminices (2004), de Domingos Oliveira