Christian de Castro

Rogério Resende

Ajude-nos a atualizar seu perfil.
Envie suas informações para quemequem@filmeb.com.br

Atividade: 
Cargos oficiais, Produtor

Produtor e diretor financeiro que começou a carreira em 1998, quando fundou, junto com seu irmão, o cineasta Erik De Castro, a BSB Cinema Produções. A produtora realizou os documentários Senta a pua! (1999), dirigido por Erik, A cobra fumou (2002), de Vinícius Reis, e A era dos campeões (2005), dirigido por Marcos Bernstein e Cesário Mello Franco. Antes disso, atuou em diversas áreas do mercado financeiro, com passagens pelo Unibanco e pelo Banco Garantia. Desde 2005, desenvolve serviços de consultoria relacionados à estruturação financeira de projetos, empresas e bancos para o setor audiovisual. Em 2006, foi um dos criadores do RB CINEMA I Funcine, o primeiro fundo de investimentos privado do cinema brasileiro, que investiu recursos em filmes como O ano em que meus pais saíram de férias (2006), de Cao Hamburger, O maior amor do mundo (2006), de Carlos Diegues, Os desafinados (2008), de Walter Lima Jr., entre outros. Em janeiro de 2007, tornou-se diretor financeiro da Vereda Filmes, distribuidora de filmes brasileiros voltada para o mercado internacional. No final de 2007, foi convidado para ser o consultor administrativo e financeiro da distribuidora Lumière; em 2008, atuou como assessor da diretoria da Agência Nacional do Cinema (Ancine) especializado em assuntos financeiros e comerciais relacionados à atividade audiovisual. Em 2016, assumiu o cargo de CEO do grupo AfroReagge. Ocupou o cargo de diretor-presidente da Ancine de 2018 a 2019.

 

Filmografia selecionada

Produtor

  • Cano serrado (2018), de Erik de Castro. Produção executiva.
  • Rio, eu te amo, franquia brasileira da série Cities of Love realizadora dos filmes Paris, je t’aime e New York, I love you.
  • Federal (2009), de Erik de Castro
  • A era dos campeões (2005), dirigido por Marcos Bernstein e Cesário Mello Franco
  • A cobra fumou (2002), de Vinícius Reis
  • Senta a pua! (1999), de Erik de Castro